Case QlikView CIEE RS: Estagiários num Qlik

27/02/2014 - por eduardo-corsi

iMaps Corporativo

O Centro de Integração Empresa-Escola do Rio Grande do Sul (CIEE-RS) já conhecia o mundo do Business Intelligence, mas queria mais. O setor de Tecnologia da Informação do CIEE-RS carecia de uma ferramenta de BI que oferecesse mais velocidade e autossuficiência aos usuários na análise. Encontrou no QlikView a solução para essas dores e muito mais.

Gustavo Machado Mendes, Analista de Negócios , explica que depois de algum tempo, os usuários do BI tradicional na instituição, começaram a demandar novas análises. Com a dependência da TI para fazer as alterações necessárias, a demora foi inevitável e, com ela, a necessidade de uma nova tecnologia. “Precisávamos de uma ferramenta mais ágil e que permitisse independência ao usuário”, justifica.

“Quando ouvi falar no QlikView não acreditava nas facilidades que ele oferecia”, confessa Nilson Ayala Queiróz, Gerente de TI. Foi participando de eventos em que ouvia diretamente de outros CIOs relatos de experiência positivas com o QlikView que ele resolveu apostar na revolucionária tecnologia, e não se arrependeu. “Quando colocado em comparação com o BI tradicional, o QlikView se mostrou mais rápido, com boa performance e desempenho” resume Nilson.

Em outubro de 2012 o CIEE-RS iniciou seu desenvolvimento em QlikView e já conta com três projetos prontos: análise de dados da base de estágios, análise de dados da base de aprendizes e análise dos resultados destas duas bases.

No país, o CIEE tem oito unidades autônomas, entre elas o Rio Grande do Sul. No Estado gaúcho são 105 unidades, divididas em 11 macrorregiões. Só a base de estágios conta com 35 mil contratos ativos, dos quais derivam diversas informações. É possível saber, por exemplo, quais os cursos mais solicitados, valor médio de bolsas em relação aos cursos, entre outras inúmeras possibilidades, explicam os executivos.

Como os projetos estão sendo finalizados agora, a experiência com o QlikView ainda está em fase de amadurecimento junto aos usuários finais do CIEE-RS, mas o setor de TI relata resultados animadores. “Em 3 meses com o QlikView já tivemos acesso a informações que antes, no BI tradicional, levaríamos bem mais tempo para alcançar”, descreve Gustavo, que hoje é um dos maiores entusiastas do uso da nova ferramenta dentro da corporação.

 

Baixe este e outros cases em nosso CASEBOOK e descubra como a iMaps ajudou a transformar a realidade de diversas empresas e instituições ao longo de 5 anos de história com QlikView!

BAIXE AQUI!

 

 

 

Tags: