Case QlikView AGCO: Projeto Pricing Analysis

27/02/2014 - por eduardo-corsi

iMaps Corporativo

Decidida a aumentar suas oportunidades de negócios e, consequentemente, seu faturamento, a AGCO do Brasil foi buscar no Business Intelligence soluções para suas necessidades de visualização do negócio. Após uma avaliação comparativa entre várias ferramentas, o QlikView se mostrou a mais adequada para atender com rapidez e precisão às demandas colocadas.

“Concluímos que a solução mais aderente à nossa necessidade era o QlikView com o parceiro iMaps”, explica Fábio Funck, South America IT Business Partner da AGCO. Segundo ele, o norte dessa escolha foi a excelente usabilidade da ferramenta QlikView, aliada a um correto entendimento da iMaps para atender os requisitos de negócio.

“Nós tínhamos como desafio a execução de um projeto com um agressivo time to market de três meses, construindo um Business Intelligence com a ferramenta QlikView. O projeto foi executado no prazo previsto e disponibilizado no ambiente de produção no dia 28 de março de 2013”, resume Funck. Hoje, o setor de marketing é o principal usuário do QlikView e exibe satisfação com os resultados alcançados em tão pouco tempo.

O QlikView vem sendo usado na área de pricing para análise de execuções e alcance de preços, margens e consolidações, além da área de controladoria. Antes, esses levantamentos careciam de agilidade e segurança quanto à consistência dos dados: necessidades que foram supridas pelo QlikView.

A plataforma QlikView provocou uma mudança significativa, pois além de agregar rapidez e segurança, permitiu enxergar mais possibilidades de análise que antes sequer apareciam.

Funck ressalta ainda que “a navegabilidade do QlikView proporciona uma facilidade para explorar diferentes visões de dados”, conta ele, que complementa lembrando que a iMaps agregou conceitos, tais como iGap e uGap, de grande valia para apurar os resultados das operações. “Um ponto que chamou a nossa atenção foi a possibilidade de fazer algumas mudanças no escopo do projeto, especialmente em diferentes formas de visualização durante o próprio processo de desenvolvimento, sem impactos em budget ou prazo”, finaliza Funck.

Felipe Soares salienta que “o sucesso do projeto desde a sua concepção é atribuído ao forte alinhamento com o negócio, velocidade de implementação da ferramenta (time to market) e a alta qualidade da entrega, impulsionada pelo excelente trabalho da iMaps”.

 

Baixe este e outros cases em nosso CASEBOOK e descubra como a iMaps ajudou a transformar a realidade de diversas empresas e instituições ao longo de 5 anos de história com QlikView!

BAIXE AQUI!